41 3344-5590 contato@odontoxis.com

Os piercings na região da boca como: língua, nos lábios, bochechas, envolvem
riscos maiores. Antes de perfurar qualquer parte, dentro ou fora da boca,
converse com seu dentista Curitiba. Os piercings podem acumular resíduos e
criar um ambiente mais propício para o desenvolvimento de cáries.

Em alguns casos, os traumas podem causar fissuras nos dentes, ferimentos na
gengiva, podendo provocar infecções e inflamações permanentes, com feridas
que podem se tornar porta de entrada para bactérias e outras doenças
transmitidas pelo sangue.

Quais são os riscos?

Os riscos para quem coloca o piercing na língua podem ser vários, os cuidados
devem ser redobrados.

Infecções: nossa boca contém milhões de bactérias, que podem aumentar e
causar infecções após a colocação de um piercing oral.

Dor e Inchaço: São sintomas comuns de um piercing, mas se sua língua inchar
muito pode dificultar para a sua respiração.

Dentes danificados: O contato constante com a joia de metal pode causar
traumas na sua gengiva, ocorrendo a exposição da raiz do seu dente,
causando muita sensibilidade e até mesmo o amolecimento deles.

Mau hálito: Você precisa remover o piercing para fazer a correta higienização,
pois o tártaro que se forma no dente, pode se formar no metal também.
Endocardite: Pela ferida aberta após a perfuração, bactérias da boca podem
entrar na corrente sanguínea e causar vários tipos de infecção, como, por
exemplo, a endocardite.

Sangramento prolongado: Durante a colocação do piercing, muitos vasos
sanguíneos são perfurados, podendo causar um sangramento maior.
Quem coloca um piercing na boca tem que saber que está sujeito a algumas
complicações, afinal, mesmo que bem cuidado, o piercing ainda é um corpo
estranho e o organismo pode não se adaptar.

Se você, mesmo depois de conhecer quais os riscos de piercing na língua e
nos lábios, não desistiu da ideia, separamos algumas recomendações para
que você faça a perfuração que quiser com um pouco mais de segurança:
Cuidados
-Escolha um profissional capacitado para a colocação.
– Não mexa no piercing, muito menos, sem lavar as mãos com um sabonete
antisséptico.

– Não mordisque o metal, pode causar trauma nos dentes. Girar a joia também
não é indicado, pois traumatiza a mucosa.

– É indicada a utilização de bochechos com antisséptico bucal sempre que
ingerir algum alimento, nunca se esqueça de sempre higienizar a sua língua. O
dentista Curitiba pode orientar a quantidade necessária de produto.

– Em caso de infecção, procure um médico ou dentista Curitiba.
Piercing na boca x Piercing no dente:
O piercing na boca, é uma joia de metal, titânio ou outro, perfurando sua
língua, lábios ou bochechas, mucosa. O piercing dental é apenas colado, ou
seja, não ultrapassa o dente, sem desgaste na sua estrutura dentária, não
trazendo nenhum tipo de trauma ou infecções.

Dúvidas Sobre Piercing na Boca:

O que fazer se houver inflamações: Não faça automedicação, procure um
dentista Curitiba ou médico para avaliar a região.

Como fazer a limpeza do local: Mantenha a escovação pelo menos 3 vezes ao
dia, utilize um enxaguante bucal antisséptico para afastar as bactérias e
terminar a limpeza. Procure retirar o piercing para a higienização com
antisséptico e água corrente. Enxugue o piercing com gaze.

É normal sentir dor por quanto tempo: A dor é muito relativa de pessoa para
pessoa. Mas em geral, o piercing em boca está entre os mais incômodos.
Pelos riscos e problemas relacionados, ainda acha que vale a pena colocar sua
saúde e bem estar em risco?
É fundamental ter um acompanhamento periódico com um dentista Curitiba,
cuide bem da sua saúde bucal.

Para quem mora em Curitiba, a Odonto XIS! É uma excelente opção. Com
infraestrutura adaptada e doutores especializados, a clínica oferece serviços de
implantodontia, ortodontia e odontologia estética.

Gostou do nosso artigo? compartilhe!

Open chat
Olá, Podemos Ajudar?